sábado, 20 de novembro de 2010

A Visão Bioenergética - Estresse Muscular e Emoções


Entenda a relação entre sentimentos reprimidos e tensões em partes específicas do corpo.
Um músculo fica tenso apenas em uma situação de estresse. Quando um corpo se move facilmente, não sente fadiga. Há dois tipos de estresse: o físico e o emocional. O estresse físico consiste, por exemplo, em suportar um grande peso ou em continuar um movimento ou atividade quando o músculo está cansado. Quando sente a dor da tensão, a pessoa abandona a atividade ou deixa o peso. No entanto, se não há maneira de eliminar o estresse, o músculo sofrerá um espasmo.
O estresse emocional é igual ao físico: os músculos estão carregados de uma emoção que não podem liberar. Se contraem para sustentar ou conter a emoção, tal como fazem para suportar um peso, e se a emoção persiste por tempo suficiente o músculo sofrerá um espasmo por não poder se desfazer da tensão/emoção.
Qualquer emoção que não pode ser liberada é um estresse para os músculos. Isso porque uma emoção é uma carga que pressiona para fora, para se libertar. Alguns exemplos ilustrarão estas ideias.Os sentimentos de tristeza ou dor se liberam com o choro. Quando se inibe o pranto devido a uma proibição dos pais ou por outras razões, os músculos que normalmemte reagem no choro se tornam tensos. Estes músculos estão situados na boca, na garganta, no peito e no abdome. Já se o sentimento que não se pode liberar é o de ira, os músculos das costas e dos ombros é que ficam tensos. A inibição do impulso de morder, ligado à expressão da raiva, conduz a tensão na mandíbula, e a repressão do impulso de chutar,provoca tensões nas
pernas.
A correlação entre a tensão no músculo e a inibição da emoção é tão exata que se pode dizer quais impulsos ou sentimentos estão reprimidos em uma pessoa como estudo das suas tensões musculares.
Um músculo relaxado é um músculo carregado de energia. É como uma arma carregada , pronta para disparar. O gatilho que descarrega o músculo é um impulso lançado a partir do nervo motor. A descarga do músculo produz uma contração, que traduz em movimento. O músculo contraído não pode se mover até que se recarregue com energia. Esta energia chega ao músculo em forma de oxigênio e glicose. Sem um abastecimento de energia adicional é impossível liberar músculos contraídos. O fator importante nesse processo é o oxigênio, já que sem oxigênio suficiente o processo metabólico no músculo se prende.
Este fato assinala a importância de respirar para relaxar e para evitar as repressões. Quando a respiração de um paciente se intensifica, seus músculos tensos entram em vibração e carregam-se de energia.

Alexander Lowen

Um comentário:

  1. Olá, eu gostaria de pedir sua ajuda na divulgação do meu blog:
    http://arcanjoalan.blogspot.com

    É um blog onde publico diáriamente mensagens dos anjos, orações, e também informações sobre quem são eles, como são, como eles veem agente, etc.

    Gostaria que você visita-se e desse uma lida no blog.

    Um grande abraço cheio de luz! ;)

    [Se eu tiver ja lhe enviado este convite ou você ja está a divulgar meu blog por favor desconsidere]

    ResponderExcluir